Explicando o Inexplicável

Explicando o Inexplicável

Há pessoas do bem, que não são culpadas por nascerem em países que ostentam hipocrisia, nos fundamentos de uma tirania organizada e dirigida em prejuízo da nação e da sociedade.  a ação se desenvolve nos exatos procedimentos recheados de argumentos mentirosos, provenientes de uma ideologia desfibrada que constitui-se  em adversários do estado e do povo.   

Ostentam e mostram com enfatuamento, vitória do “nada”; tornam público com orgulho e soberba, a sucessão de escândalos projetados pela facção criminosa instalada nas instituições do governo Federal.

Quase sempre aparecem na mídia, tentando explicar o inexplicável.

Penso que não há mais saída, senão, expurgar os erros e a má doutrina execrável.

Ou, neste momento de expectativa de combate à arrogância, trazer à excelsa memória de Ruy Barbosa: “Seria perder tempo em repulverizar rugas mil vezes pulverizadas”.